Psicologia 

A Psicologia atua na prevenção, avaliação e intervenção de aspetos relacionados com as áreas emocional, comportamental e/ou cognitiva, que possam estar a comprometer a integração e a funcionalidade da criança, interferindo com o seu bem-estar, qualidade de vida e ajustamento a nível pessoal, interpessoal e escolar.
Com o recurso a técnicas lúdicas (jogos, brincar, desenho) pretende-se trabalhar com a criança, proporcionando-lhe um espaço seguro onde possa sentir as suas dificuldades e emoções validadas e compreendidas. Este trabalho é feito em articulação com o sistema familiar e escolar nos quais a criança está inserida e, sempre que necessário com o apoio de outros técnicos da equipa multidisciplinar. O objetivo principal é potenciar a aquisição de recursos e competências do ponto de vista emocional, psicoafetivo e/ou cognitivo, com o intuito de promover o desenvolvimento saudável e harmonioso da criança e a sua saúde mental.
Algumas áreas de intervenção:
- Birras
- Medos
- Baixa auto-estima
- Tristeza persistente
- Ansiedade
- Problemas de comportamento (e.g., comportamentos de oposição e desafio, comportamentos agressivos)
- Dificuldades resultantes de crises familiares (e.g., divórcio dos pais, luto)
- Gestão e regulação emocional
- Perturbações do neurodesenvolvimento (e.g., Perturbação de Hiperatividade/Défice de Atenção, Perturbação da Aprendizagem Específica; Perturbação do Espetro do Autismo)